A Baleia Azul – Pr. João Brito Nogueira – IEBV

A Baleia Azul – Pr. João Brito Nogueira – IEBV

A BALEIA AZUL
                                                                                                                                                                                                        
Pr. João Brito Nogueira

 

Atenção pais! Não permitam que seus filhos sejam destruídos pela pior e mais perigosa das baleias criminosas, denominada como sendo: A Baleia Azul. Ela vem navegando pelos mares da Internet e das mídias, destruindo com violência a todos que possa matar.

Basta de omissão senhores pais. Vocês não podem continuar omissos vendo o arraso e a destruição que o mau uso dos instrumentos de comunicação e a internet estão causando aos seus filhos. Na qualidade de pais os senhores devem ter em mente o fato de que vocês são responsáveis pela segurança dos filhos e da família. Estabeleçam critérios e limites.

Acordem depressa, antes que seja tarde demais. Abram os olhos antes que seus filhos “fechem os olhos” vitimizados pela fúria da Baleia Azul. Vocês pais, estejam de olhos atentos e bem abertos para ver que tipo de atividades, amizades, e divertimentos seus ilhós estão envolvidos. O que seus filhos estão vendo na TV, nos cinemas, na Internet e nos demais meios de comunicação? Que tipo de diversão eles estão praticando?

Lutem pelas suas famílias. Defendam seus filhos das astutas ciladas do Diabo. Não permitam que seus filhos sejam “órfãos de pais vivos”. Vocês pais não podem ficar de braços cruzados vendo o inimigo agindo livremente e destruindo moralmente e espiritualmente o seu lar, sua esposa e seus filhos. Vocês pais são os líderes das suas famílias e devem exercer autoridade e liderança nas suas casas.

Ensinem seus filhos principalmente através dos bons exemplos. Não basta dizer o que é bem, é necessário fazer o que é bom. “Instruam os seus filhos no caminho em que devem andar e até quando envelhecerem não desviarão dele” (Provérbios 22:6).

Inspirem os seus filhos a temer, a obedecer e a honrar a Deus. “Ouve, o Senhor nosso Deus é o único Senhor. Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todas as tuas forças. E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração, e as ensinarás a teus filhos, e delas falarássentado em tua casa e andando pelo caminho, ao deitar-te e ao levantar-te” (Deuteronômio 6:4-7).

Abracem seus filhos de tal maneira que eles se sintam verdadeiramente amados e protegidos. Sejam o melhor amigo, o melhor confidente, o melhor companheiro, o melhor conselheiro e o melhor exemplo para seus filhos.

Amem de todo coração e com todo o entendimento a seus filhos. Mas também amem de verdade, com sinceridade, fidelidade e lealdade a mãe dos seus filhos. Nenhum filho fica feliz em ver um pai que não honra e respeita a sua mãe. Como também nenhum filho fica feliz em ver uma mãe que não honra seu pai.

Zelem pelos seus filhos. Invistam mais tempo conversando, instruindo, ouvindo, brincando, divertindo-se com eles. E também oram com eles e por eles. Deus sempre ouve as orações sinceras de um pai. Pois Deus é o nosso Pai Eterno. Lembrando também que: “Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam” (Salmo 127:1).

Utilizem disciplina e autoridade. Todo filho requer disciplina e tem necessidade de ter uma autoridade moral e espiritual em quem possa confiar. “Pois o Senhor corrige ao que ama, e açoita a todo o que o recebe por filho. É para a disciplina que sofreis; Deus vos trata como a filhos; pois qual é o filho a quem o pai não corrija? Mas se estais sem disciplina, da qual todos se têm tornado participantes, sois então bastardos, e não filhos. Além disto, tivemos nossos pais segundo a carne, para nos corrigirem, e os olhávamos com respeito. Não nos sujeitaremos muito mais ao Pai dos espíritos, e viveremos? (Hebreus 12:6-9).

Levem muito a sério a vida com Deus. Como pais, necessitamos de muita sabedoria e muito discernimento para sabermos educar corretamente nossos filhos a fim de que sejam bons cidadãos aqui na terra e também no céu. Lembrando também que não basta ser religioso. É necessário ser um cristão genuíno. Não basta acreditar em Jesus, é necessário obedecer e seguir a Jesus. “Deleita-te também no Senhor, e Ele te concederá o que deseja o teu coração. Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nEle, e Ele tudo fará” (Salmo 37:3-5).

Pr. João Brito Nogueira – IEBV
pastor_brito
 

 

Share