As Bênçãos de Deus e o Deus das Bênçãos – Pr. João Brito Nogueira – IEBV

As Bênçãos de Deus e o Deus das Bênçãos – Pr. João Brito Nogueira – IEBV

As Bênçãos de Deus e o Deus das Bênçãos

Pr. Brito Nogueira

Creio que todos nós queremos as bênçãos de Deus. É normal que desejamos as bênçãos, que queiramos ser abençoados. Até aqui nada há de errado ou reprovável.
O grande problema é que, infelizmente, muitos querem somente as bênçãos de Deus, mas não desejam obedecer e assumir compromissos com o Deus das bênçãos.
Muitos só querem ser abençoados, e poucos querem e se esforçam para serem além de abençoados, também abençoadores.
Precisamos voltar a buscar a Deus não somente ou exclusivamente porque Ele tem bênçãos para nós, mas porque queremos honra-lO, adorá-lO, e também aprender a agradar ao Senhor em tudo.
Necessitamos urgentemente buscar a Deus e pedir que Ele nos capacite com poder vindo do alto e nos dê autoridade para, “em nome de Jesus”, repreendermos o inimigo e expulsarmos os demônios.
Mas é igualmente necessário e urgente que nos conscientizemos e que combatamos de igual maneira as obras da carne, consequência da nossa própria negligência. (Gálatas 5:19-21).
É verdade, e não podemos negar que o Diabo, nosso adversário, vive buscando oportunidades para nos atacar (I Pedro 5:8). Mas é também verdade que nós, por muitas vezes, permitimo-nos contaminar pelo pecado e queremos transferir toda a nossa culpa e negligência para o inimigo.
Em muitos casos, nós mesmos, como disse Jesus, é que somos os maiores culpados, pois “é do interior, do coração, dos homens que procedem os mais pensamentos, as prostituições, os furtos, os homicídios, os adultérios, a cobiça, as maldades, o dolo, a libertinagem, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a insensatez, todas estas más coisas procedem de dentro e contaminam o homem” (Mateus 7:21-23).
Tem muito crente querendo expulsar o “ demônio tranca rua” da vida dos outros, e deveria expulsar o “demônio tranca Escola Bíblica Dominical” do seu coração e da sua própria vida.
Tem muita gente “tentando amarrar demônio” na vida dos outros, e esquece-se de “amarrar sai própria língua”.
Tem muita gente querendo ”libertar demônios” que atuam na vida dos outros, e deveriam também “libertar o seu coração do orgulho, da empáfia e do culto a personalidade”.
Tem muita gente querendo expulsar das outras pessoas o “demônio Maria Molambo” e se vestindo como “Maria Periguete”.
Tem muita gente  querendo expulsar o “demônio da avareza” que existe nas outras pessoas, e são possuídas pelo “espíritos malignos da infidelidade” que a impedem de serem fiéis nas entregas dos dízimos e ofertas.
É sempre bom nos lembrarmos das palavras de Jesus: “Contudo, não vos alegreis porque se vos submetem os espíritos, alegrai-vos antes por estarem os vossos nomes escritos nos céus” (Lucas 10:20).

 

pastor_brito

Pr. João Brito Nogueira – IEBV

Share