O Poder Maravilhoso do Sangue de Jesus! Dr. Pedro Motta

O Poder Maravilhoso do Sangue de Jesus! Dr. Pedro Motta

O PODER  MARAVILHOSO  DO  SANGUE  DE  JESUS!     

“Porque, assim como o corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, são um só corpo assim é Cristo também.”  (1 Corintos 12:12)

Introdução: Nosso organismo é composto de células que constituem os diversos órgãos do nosso corpo, que necessitam de água, alimentos diversos, chamados de nutrientes, além de suprimento ininterrupto de oxigênio para mantê-las vivas e funcionando plenamente.

Para atendermos a essas necessidades, necessitamos comer, se possível, 3 vezes ao dia e respirarmos aproximadamente de 3000/4000 vezes ao dia, inalando algo próximo de 10/12 mil litros de ar em 24 horas, em condições basais de funcionamento, absorvendo oxigênio e eliminando o gás carbônico, resultado do nosso sistema respiratório. Os nutrientes são absorvidos via intestinal e o ar pela via pulmonar e são distribuídos para todo o organismo pelo sangue, através do sistema vascular. O volume de sangue em um adulto com peso de 70 Kg corresponderia a aproximadamente 5,5 a 6 litros. (7/8%). Em 1 minuto circulam aproximadamente 5 litros de sangue em nosso organismo, em condições normais.

A  Associação Americana de Cardiologia calculou que apresentamos em média 100.000 batimentos cardíacos por 24 horas, em condições basais. Se todos os vasos, artérias, arteríolas, veias e capilares fossem ligados e colocados em linha reta, daria para dar a volta a terra 4 vezes, o que corresponderia a 160.000 km.

Em contrapartida, nossas células produzem elementos tóxicos resultados do metabolismo dos nutrientes, que seria o lixo celular e o gás carbônico dos pulmões, que são recolhidos para serem eliminados pelo fígado e rins.

A Igreja de Jesus tem a mesma estrutura de um corpo humano, como o Apóstolo Paulo enfatizou: “Ora, vós sois corpo de Cristo; e, individualmente, membros desse corpo.” (1 Corintos 12:27). Então, o Corpo de Jesus é também composto por vários membros interligados, que se unem e compõem o Seu Corpo.

Assim, como acontece com o corpo humano, não temos a mínima ideia do Poder maravilhoso do sangue de Jesus em nossas vidas e na vida da Igreja Fiel, o Seu corpo vivo. Todo ser vivo necessita da circulação de sangue em suas artérias e veias, isto é fundamental e básico, porque todo ser vivo necessita do sangue para a manutenção do seu ciclo vital.

No ser humano, por qualquer motivo, a supressão da circulação só é permitida até o limite de 3 minutos, a partir deste ponto as células cerebrais começam a ser lesionadas, levando a morte logo em seguida. Se num acidente qualquer, houver uma lesão vascular, a hemorragia resultante representa perda de vida e que, algumas vezes, pode ser fatal. Num adulto normal, a perda de 1,5 litro de sangue ou mais, poderá leva-lo a morte 

Assim é a Igreja, como corpo vivo de Jesus, ela precisa da circulação do Seu sangue no meio dela e na vida dos seus membros. Como corpo de Cristo, onde Ele é O cabeça, precisa da circulação do sangue puro e purificador do Senhor Jesus para mantê-la viva e funcionando de forma perfeita, para que todas as suas funções vitais sejam preservadas.

Vamos, agora, fazer uma correlação entre a circulação do sangue no corpo humano e a circulação do sangue de Jesus no interior da Igreja Fiel.

São 7 as funções básicas principais do sangue em nosso organismo. Vamos enumera-las e discuti-las a seguir:

1) Função vital: O sangue que circula em nosso corpo é a vida do corpo. Corpo onde não existe a circulação do sangue é um corpo morto e frio. Não apresenta a chamada função vital. Existem alguns órgãos que não podem deixar de funcionar: Tronco Cerebral, coração, pulmão, fígado e rins. Caso isso ocorra o organismo pode sofrer lesões sérias podendo levar até a morte imediata. Eles são chamados de órgãos vitais.

Além disso, a circulação sanguínea nos fornece o calor necessário para a manutenção das funções perfeitas do organismo, em nosso caso em torno de 37oC. Se baixarmos a temperatura interna do corpo os órgãos começam a sofrer alterações no seu funcionamento, podendo apresentar graves disfunções, no caso de hipotermia acentuada.

A mesma coisa ocorre quando a temperatura do corpo se eleva muito, a chamada hipertermia, ou febre alta. Começamos a ter distúrbios como delírios, alucinações e convulsões. Essa função de termorregulação é fundamental para a vida do corpo e seu pleno funcionamento.

Da mesma forma, se não houver a circulação do sangue de Jesus no meio da Sua Igreja ela está morta espiritualmente. Primeiro esfria e vai definhando espiritualmente. Os órgãos vitais da Igreja começam a apresentar problemas sérios no seu funcionamento, como: o ministério e obreiros, as professoras, grupo de senhoras, grupo de louvor e o grupo de oração, que começam a sofrer alterações resultantes da falta de circulação sanguínea celestial e vão definhando até morrerem. E a Temperatura vai esfriando. Entretanto, quando a circulação é aumentada, ela se aquece, torna-se uma Igreja vibrante e viva.

Não é possível haver Igreja viva ou ter uma vida cristã sadia, sem o precioso e poderoso sangue de Jesus.

2) Facilita uma avaliação real:  Através do exame de sangue, temos uma visão perfeita das condições reais do nosso organismo e das condições clínicas. Um bom médico é capaz de fazer uma excelente avaliação diagnóstica, através de um simples exame de sangue. Por circular em todo o organismo e em todos os órgãos e vísceras, o sangue reflete de modo muito real os problemas e disfunções desses órgãos.

Através do exame de sangue obtemos: Hemograma, dosagem de enzimas, hormônios, avaliação do metabolismo, etc. Doenças como anemia, infecção, inflamação, verminoses, diabetes, doenças da tireoide, distúrbios metabólicos, etc. Todos diagnosticados pelo exame de sangue. O médico, dessa forma, pode analisar e ter uma ideia precisa da condição clínica e da  qualidade de vida do indivíduo.

Mas, com relação a Igreja a temos um problema aqui! Como o Senhor Deus pode fazer para alcançar essa condição e nos avaliar clinicamente, a nós pecadores mortais? Só existe um meio, através do sangue de Jesus derramado em nossa vida.

Assim, revestidos por esse sangue maravilhoso, temos condições de nos apresentar diante do Pai na Igreja e, dessa forma, alcançamos as condições mínimas necessárias para Ele nos avaliar e ter um diagnóstico das nossas condições de saúde espiritual.

Este precisa de uma transfusão urgente porque está anêmico e fraco espiritualmente. Aquele necessita de um milagre de cura. Outro precisa de um renovo, uma restauração, etc.

Essa real avaliação da sua vida espiritual e da Igreja, só é possível pelo poder maravilho do sangue de Jesus

3) Função de Preservação: O sangue que circula em nosso corpo é uma verdadeira central de distribuição de nutrientes para todo o organismo, necessários para a saúde do corpo. Através das artérias, veias, arteríolas e capilares, essa rede vascular alcança todas as partes do organismo para difundir o sangue em todos os órgãos. Todos recebem o sangue com os nutrientes e alimentos que necessitam.

Na volta, o sangue retorna com os dejetos celulares. Uma excelente coletora de lixo orgânico, trazendo todo o lixo celular do organismo para ser eliminados. Dessa forma, essa função evita que haja acúmulo de material tóxico e nocivo à saúde do corpo. Alimenta e fortalece o corpo, permitindo maior resistência às doenças e enfermidades.

Assim, o sangue de Jesus opera na Igreja, como uma verdadeira central de distribuição de bênçãos, renovos, promessas e milagres. Eliminando também aquilo que é nocivo e não tem valor para a vida da Igreja.

Agora, como fazer com o homem afastado de Deus, sem a cobertura desse sangue bendito, como ele vai alcançar e receber perdão, bênçãos e o renovo necessários para a manutenção e a renovação da sua vida espiritual?

Paulo nos ensina: ”Mas, agora, em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, fostes aproximados pelo sangue de Cristo.”(Efésios 2:13). O sangue de Jesus é o principal meio de união do mundo espiritual de Deus com o mundo natural do homem. Através do sangue de Jesus, recebemos salvação, batismo com o EspíritoSanto, libertações, curas. É o caminho para que eu e você, alcancemos e recebamos as bênçãos de Deus.

Paulo nos orienta ao novo e vivo caminho para entrarmos na presença do Pai Celestial: “Tendo, pois, irmãos, intrepidez para entrar no Santo dos Santos, pelo sangue de Jesus, pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou pelo véu, isto é, pela sua carne.” (Hebreus 10:19-20)

Um novo e vivo caminho, através do incomparável sangue de Jesus.

4) Função de Renovação: No corpo humano o sangue funciona como um complexo sistema de troca gasosa que é  vital para a manutenção da vida. Das células ele retira o gás carbônico que é um dejeto e leva para os pulmões para ser eliminado. De lá, capta o oxigênio inalado e transporta para as células. O gás carbônico é nocivo ao organismo e caso ficasse acumulado intoxicaria o corpo, levando a morte. Essa função é vital para o organismo.

Tira a morte e traz a vida, num ciclo renovável e infinito.

Essa mesma função realiza o sangue de Jesus na sua Igreja. Traz o mundo espiritual e as bênçãos de Deus e elimina as ações do maligno no meio da Igreja, que geram morte. As Intrigas, brigas, dissenções, desavenças, etc. A Igreja nunca ficará intoxicada porque o sangue de Jesus sempre estará renovando e reciclando.

Trazer a vida e eliminar a morte, função do esplendoroso sangue de Jesus.

5) Função de Purificação: Através do fígado e principalmente dos rins, os dejetos do metabolismo celular são recolhidos pelo sangue, são metabolizados e eliminados por esses órgãos. Assim, o sangue realiza essa função fundamental de transporte para a eliminação dos dejetos que são substâncias tóxicas e nocivas ao organismo.

De modo semelhante o Senhor Jesus, através do seu sangue precioso, age no meio da Igreja. O Homem chega ferido, sujo e contaminado pelo pecado, mas não permanece desse modo. É tratado, curado das suas feridas, purificado, transformado e renovado pelo poder do sangue de Jesus na sua vida.

Aqueles que persistirem nessa condição são discretamente eliminados pelo poder purificador desse sangue poderoso. O Senhor Jesus não permite que a sujeira do pecado permaneça no meio da Sua Igreja. O Senhor Deus ama o pecador, mas abomina o pecado. Não há acordo possível.

Pecado no meio da Igreja é como um tumor maligno que vai se proliferando e alcançará todo o corpo, levando à morte. O Apóstolo João nos ensina: ”Se, porém, andarmos na luz, como ele está na luz, mantemos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo o pecado. (1 João 1:7).

Somos purificados pelo poder fabuloso do sangue de Jesus.

6) Função Proteção e Imunização: O nosso sangue é composto pelos glóbulos brancos, vermelhos, plaquetas e pelo plasma. Os glóbulos brancos são os responsáveis pela defesa do organismo no caso de uma agressão por bactérias. Os vermelhos são os que transportam oxigênio e gás carbônico. As plaquetas são as responsáveis pela coagulação do sangue, no caso de uma pequena hemorragia. No plasma, que é a parte liquida do sangue, estão agregados os anticorpos para defesa e imunização no caso de ataque de vírus e outras proteínas estranhas.

De forma semelhante o sangue de Jesus atua no meio da Igreja, age na proteção e na cobertura do corpo, contra todo tipo de ameaça e agressões por parte do inimigo. Dá  imunidade contra todas as armadilhas e artimanhas do maligno. Somos recobertos, protegidos e imunizados a qualquer ataque contra nossas almas e nada temos a temer. O Apóstolo João declara: “Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não vive em pecado; antes, Aquele que nasceu de Deus o guarda, e o Maligno não lhe toca.” (1 João 5:18). 

Somos protegidos pelo monumental poder do sangue de Jesus.

7) Função de Identificação e Paternidade: No sangue carregamos fatores sanguíneos que demonstram e comprovam a nossa identidade e são usados para a identificação de pessoas e, no caso de paternidade, identificação do pai. Esses fatores sanguíneos são importantes no caso de transfusões, através da classificação pelo fator RH e, ainda, no meio legal para confirmação de paternidade através do DNA.

Desse modo, o sangue de Jesus atua em nossas vidas e na Igreja, nos identificando como membros do Seu corpo vivo e pertencentes a Ele. Somos propriedades d`Ele. Temos a marca do sangue de Cristo gravada em nossa vida e no nosso DNA.

Somos filhos do Pai Celestial, temos um Pai e por isso temos uma paternidade. Não somos filhos bastardos, fomos comprados por um alto preço pago na Cruz do Calvário por Jesus e através do sangue derramado podemos clamar bem alto: ABA PAI!

Paulo confirma isso: “Pois todos vós sois filhos de Deus mediante a fé em Cristo Jesus;” (Gálatas 3:27). Somos herdeiros da salvação e da vida eterna. Aleluia e glória a Deus por isso!

 Pelo poder inesgotável do sangue de Jesus, somos herdeiros da eternidade!

Esse é o valor imensurável do Sangue de Jesus em nossas vidas. Por isso, podemos proclamar para o mundo que nós fomos  comprados e resgatados pelo derramar do maravilhoso sangue de Jesus, no sacrifício na Cruz do Calvário.

Nesse sacrifício toda a nossa dívida com o inimigo foi pregada na Cruz. Toda a nossa dívida  foi paga. Nada devemos!

Esse sangue nos dá vida em abundância, paz que excede todo o entendimento, alegria genuína, renovação espiritual, proteção contra qualquer ataque, purificação, identidade e paternidade.

Temos um Pai que zela por nós.

Tudo isso, através do Poder Maravilhoso Do Sangue De Jesus!

Tome posse desse sacrifício maravilhoso e único. Aceite a Jesus Cristo como seu único e suficiente salvador! Só existe um único caminho para a salvação. “E o testemunho é este: que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está no seu Filho. Aquele que tem o Filho tem a vida; aquele que não tem o Filho de Deus não tem a vida.” (1 João 5: 11-12) 

Está muito claro! Sem o Filho de Deus, não há salvação – porque não salvação sem derramamento de sangue!

Agora! Declare onde você estiver: “Aceito a Ti Meu Salvador Jesus e Perdoa-me por todo o meu pecado cometido, pelo derramar do Seu sangue precioso na Cruz do Calvário!”

Saia do caminho da morte eterna e venha para o caminho da vida eterna, em Cristo Jesus!

Não permita que esse sacrifício imensurável seja inútil na sua vida!

Amém e Amém!

Dr. Pedro Motta – Neurocirurgião, Membro da CCNCS e Bacharelando em Teologia – CCM.  
Dr. Pedro
 

Share